Home / Blog / RUBIS: TUDO SOBRE A GEMA PRECIOSA

RUBIS: TUDO SOBRE A GEMA PRECIOSA

taylorruby1

Anel com rubi central de 8,24 quilates, dado por Richard Burton à Elizabeth Taylor.

Quem resiste ao vermelho profundo dos rubis?

A cor inebriante da gema é devida à presença de crômio na sua composição. Considerada uma pedra muito rara em estado natural, o rubi é venerado desde a antiguidade. Seu tom de vermelho pode variar de um tom escuro ao rosado, mas não se engane: muitas vezes a pedra é confundida com variedades de gradada, topázio ou a turmalina.

Mas há ainda a produção artificial dos rubis, que foi a primeira pedra preciosa a ser sintetizada em laboratório, sabia?

Em 1902, o francês Auguste Verneuil realizou a fusão de um pó finíssimo com a mesma composição dos rubis, com uma chama de oxidrogênio a 2000º, em seguida caindo e depositando-se num recipiente frio em constante rotação. O material resfriado torna-se cristal, ainda que num formato diverso daquele encontrado na natureza. As gemas produzidas dessa forma são reconhecidas depois o corte, por causa das linhas curvas percebidas através do microscópio. Esse é um dos métodos utilizados para sintetizar o rubi e leva o nome do seu criador, Verneuil.

Para comprovar a veracidade da pedra, análises acuradas devem ser realizadas.

Um dos erros mais famosos aconteceu, quem diria, com uma joia da coroa britânica. O conhecido Rubi do Príncipe Negro não tem nada de Rubi. Na verdade, trata-se de uma gema de 170 quilates de Espinela, muito parecida com o rubi natural. É considerada uma das joias mais antigas da Coroa, desde 1367, ano em que foi doada ao príncipe de Galles Eduardo de Woodstock – também conhecido como Príncipe Negro – pelo soberano Pedro I.

A atriz Elizabeth Taylor, conhecida por ser amante de joias e pedras preciosas, tinha os rubis como uma das suas gemas favoritas.

ruby-suite

Em 2011, um leilão histórico com suas joias realizado pela Christie’s, arrematou um  anel com um rubi central de estonteantes 8.24 quilates, presente dado em 1968 pelo seu então marido, o ator Richard Burton. O rubi, além da sua beleza característica, representa o amor profundo, sentimento que Burton queria devotar à sua diva Liz Taylor. A atriz declarou na época: “foi a pedra mais perfeita que já vi”. Nesse mesmo leilão o total arrecadado com as joias de Liz somaram 115,9 milhões de dólares.

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *